Ex-pm é preso acusado de estuprar enteada durante 14 anos

20/11/2010 08:39

 

Um cabo aposentado da Polícia Militar de 60 anos foi preso na quarta-feira (17), em Araraquara, acusado de estuprar a enteada durante 14 anos.

A vítima, que não teve a identidade divulgada, hoje tem 23 anos e disse ter sido obrigada a manter relações sexuais desde quando tinha 9 anos.

A última violência aconteceu no mês passado. A mulher alega que agora teve coragem para denunciá-lo, pois ele ameaçou matar o marido dela, caso não fugisse com ele.

Ela ainda disse que mantinha relações com o acusado, mesmo depois de casada, pois temia pela segurança do marido.

O ex-militar, cujo nome não foi revelado, também foi indiciado por tentar estuprar outra enteada, de um primeiro casamento, durante nove anos. Ele negou todas as acusações. A prisão temporária de cinco dias foi decretada pela 1ª Vara Criminal com base no pedido da Delegacia de Defesa da Mulher de Araraquara.

 

 

 

FONTE: eptv.com