Pai é suspeito de matar filho a tiros em Bueno - Fotos

22/11/2010 23:09

Um pai está sendo apontado pela polícia como principal suspeito da morte de um jovem de 21 anos, vítima de dois tiros na estrada Graciano da Ressurreição Afonso - exatamente no Centro do Distrito de Bueno de Andrada, a 12 quilômetros de Araraquara -, ontem à noite.

Oficialmente, segundo o tenente Emerson Coelho, da Polícia Militar, ninguém testemunhou o caso.

Sem se identificar, moradores do distrito disseram que o pai, de 47 anos, teria discutido com o filho ainda dentro de casa, localizada atrás da Subprefeitura e a poucos metros do local dos tiros.

O laudo preliminar da polícia indicou dois tiros: um na cabeça e um nas costas. Logo depois dos disparos, o autor fugiu. O Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (Samu) compareceu ao local, mas o jovem já estava morto.

Até o fechamento desta edição o pai não havia sido encontrado para prestar depoimento.

Drogas

Um irmão da vítima, que teve o nome preservado, disse que as brigas entre o jovem e seu pai vinham sendo constantes nos últimos tempos. "Ele tinha ameaçado meu pai de morte. Outro dia colocou fogo lá em casa e quebrou um monte de coisas", contou.

De acordo com a polícia, as brigas entre os dois eram motivadas pelo uso de drogas pelo jovem. À reportagem, seu irmão revelou ter encontrado cocaína no quarto dele.

Para o tenente Coelho, da PM, apesar da suspeita, não é possível apontar o pai como o autor do crime em definitivo.

Para Elaine Cristina da Silva, 33 anos, que mora em Bueno desde que nasceu, o local é considerado tranquilo e pacato para se viver. "Essa é a segunda vez que vejo alguém morto. A última vez faz mais de 10 anos. Desde então acho que não houve mais assassinatos por aqui".


 

 

 

FONTE: araraquara.com